Notícias

"Há uma perseguição fiscal do automóvel em Portugal"


Secretário-Geral da ACAP analisa a conjuntura do sector automóvel e sectores coadjuvantes afectados por esta crise sanitária e lamenta a falta de medidas de estímulo à economia para incentivar o sector, ao contrário do que foi deito na Alemanha, França, Itália, entre outros. A retoma do incentivo ao abate e a redução do IVA a 13% são vistas por Hélder Pedro como medidas para salvar este mercado.

Leia tudo aqui